Qual a melhor idade para iniciar o tratamento com aparelhos dentários?

Não existe uma idade ideal para o início de um tratamento ortodôntico e sim o momento mais oportuno.

389

Por: Michele Ribeiro

É recomendável a primeira avaliação ortodôntica na faixa dos 6 anos de idade, onde começam a nascer os primeiros dentes permanentes.

O controle da erupção dos dentes de leite e visitas constantes ao odontopediatra podem prevenir problemas ortodônticos futuros. Tão logo se observe qualquer alteração no desenvolvimento dos dentes ou da mordida deve-se procurar tratamento pois, desta forma, as intervenções serão simples, rápidas e poderão minimizar problemas futuros, facilitando o tratamento na fase dos dentes permanentes.

Não há necessidade que ocorra a troca dos dentes para iniciar o tratamento da maloclusão. O crescimento correto dos arcos dentários pode ser estimulado desde a tenra idade.

Veja na imagem abaixo alguns dos distúrbios da dentição que se tratados a tempo, evitam problemas ortodônticos mais sérios que podem levar anos para corrigir.

Esses não são os únicos possíveis distúrbios da dentição, são apenas exemplos. Existem outros problemas que o ortodontista pode detectar e tratar precocemente.

Além das vantagens já citadas anteriormente, o tratamento ortodôntico iniciado no momento oportuno possibilita:
.corrigir hábitos bucais danosos (como chupar dedo e chupeta);
.reduzir ou eliminar problemas de deglutição anormal e de fala;
.diminuir o risco de traumas dentário nos dentes incisivos superiores (pela melhora da inclinação dos mesmos);
.melhorar a aparência e a autoestima;
.maior colaboração dos pacientes em relação ao uso de aparelhos removíveis.

Cada caso precisa ser bem avaliado, pois não são todos os casos de dentes tortos ou separados que devem ser tratados precocemente. Somente um ortodontista de qualidade, que tem sua prática baseada em evidência científica, indicará um tratamento adequado, que de fato ofereça vantagens por começar mais cedo. Pois se o tratamento não for bem indicado, ou bem realizado, o que pode acontecer é o paciente e seus responsáveis ficarem saturados com o longo tempo de tratamento e no final não ter diferença se começasse apenas depois da troca de todos os dentes de leite. Sendo assim, procure um profissional de qualidade, um especialista em Ortodontia, e não um dentista que coloca aparelho. Para verificar se o profissional é especialista, acesse o site: http://cfo.org.br/servicos-e-consultas/Profissionais/ , digite os dados solicitados e após clicar em pesquisar, o site irá informar qual ou quais especialidades o profissional possui.

Coloco meu e-mail à disposição para eventuais dúvidas: micheleodonto@gmail.com.

Michele Ribeiro
CRO-RJ 32450.
Odontopediatra e Ortodontista.